Justiça

BC deve reavaliar ressarcimento de cédulas manchadas, diz Procon - 03/06/2011 17:40

O Procon-PR está encaminhando ofício ao Banco Central manifestando sua preocupação e solicitando a reavaliação de medida relativa ao ressarcimento do cidadão que, eventualmente, venha a receber uma cédula manchada no caixa eletrônico, adequando-a ao Código de Defesa do Consumidor.

Para a coordenadora Claudia Silvano, o consumidor não pode ser penalizado caso venha a retirar uma nota manchada em caixa eletrônico. “O processo de análise da cédula é longo e não há como pedir reparação imediata”, explica. Sem garantia de ressarcimento,  o consumidor é quem sairá prejudicado, ao perder um valor monetário que é seu por direito, devido a uma falha na segurança do banco.

Claudia enfatiza que a segurança é uma responsabilidade da instituição financeira e não pode ser repassada ao consumidor.

O Procon-PR também faz um alerta para a população e o comércio em geral para que não recebam notas manchadas em qualquer transação.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais

  • Assessorias de Comunicação
  • Notícias para Rádios
  • TV ao Vivo
  • Rádio ao Vivo
  • Acesse www.dioe.pr.gov.br. Informação no tempo certo.
  • Saiba tudo sobre a Nova Gripe - Gripe A - Influenza A (H1N1) - Informe-se e previna-se
  • Paraná contra a Dengue - Informe-se e Previna-se
  • Cadastre-se para receber nosso Boletim Informativo