Segurança

Detran Fácil diminui em 15% procura por serviços presenciais - 03/06/2011 11:00

O novo sistema do Departamento de Transito do Paraná que permite fazer documentos pela internet recebeu 2,6 mil processos nos primeiros dez dias de funcionamento. Com isso, o Detran Fácil diminuiu em cerca de 15% o número de atendimentos realizados de forma presencial, que é de, em média, 19 mil pessoas por mês. A expectativa é que pelo menos 50% destes usuários passem a utilizar a ferramenta digital.

Desde o fim de maio, foram concluídos 1.268 pedidos para emissão definitiva da Carteira Nacional de Habilitação, 679 processos para segunda via da CNH e 746 para segunda via do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo. “Estas pessoas fizeram o processo todo de casa, sem enfrentar filas e deslocamentos. A intenção é que os serviços digitais sejam cada vez mais utilizados e garantam mais comodidade aos motoristas paranaenses”, disse o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

“Além de atender aos usuários do sistema online, desafogamos as Ciretrans e postos de atendimento, aumentando a capacidade de prestação dos serviços que exigem a presença do cidadão numa unidade do Detran. Ou seja, em dez dias, nossos funcionários deixaram de atender 2,6 mil processos e puderam receber mais pessoas, com mais agilidade e rapidez”, afirma.

CIDADES – Curitiba registrou o maior número de processos abertos pelo Detran Fácil. Cerca de 1,1 mil pedidos de documentos foram feitos por usuários da capital. Em Londrina, foram 146 solicitações. Maringá teve 107 pedidos; Ponta Grossa teve 92; Cascavel registrou 87 processos e São José dos Pinhais 82.

Cerca de 90 municípios de pequeno e médio porte, de todas as regiões do Estado registraram acesso ao sistema, como Alvorada do Sul, Antonina, Araruna, Assai, Balsa Nova, Cafezal do Sul, Cambé, Campo Mourão, Capitão Leônidas Marques, Cianorte, Clevelandia, Contenda, Coronel Vivida, Curiúva, Enéas Marques, Entre Rios do Oeste, Faxinal do Oeste, Florai, Ivaiporã, Ivatuba, Janiopolis, Japira, Mambore, Pérola, Paraíso do Norte, Palmeira, Rolândia, Sarandi, Terra Boa, Tomazina, entre outros.

COMO USAR – O novo sistema permite fazer pela internet a segunda via do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, segunda via da Carteira Nacional de Habilitação e CNH definitiva. Basta acessar o site www.detran.pr.gov.br e clicar no link Detran Fácil, no lado direito da tela. Depois, o motorista deve preencher o protocolo com seus dados, imprimir e pagar a guia de recolhimento. O documento será enviado pelos Correios, no prazo máximo de 10 dias

Os preços para emissão continuam os mesmos: R$ 46,48 para segunda via da carteira de motorista e para a CNH definitiva e R$ 30,99 para segunda via do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais