Ciência e Tecnologia

Tecpar propõe criação de parque tecnológico para apoiar empreendedores - 26/05/2011 16:10

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) está propondo a criação de um parque tecnológico virtual com instituições de pesquisa e fomento, para apoiar o empreendedorismo e promover o desenvolvimento industrial do Paraná. “Queremos diminuir os riscos e apoiar as empresas, para que possam se estabelecer e se manter no mercado”, explicou o diretor-presidente do Tecpar, Júlio C. Felix.

A medida visa reunir competências para apresentar soluções relacionadas ao desenvolvimento de empresas de base tecnológica. A proposta foi elaborada pelos técnicos da Incubadora Tecnológica de Curitiba – Intec, que coordena uma rede de 11 incubadoras no Estado. O trabalho faz parte de dois projetos do Programa Nacional de Incubadoras (PNI), do Ministério da Ciência e Tecnologia e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

De acordo com o diretor do Tecpar, o perfil das incubadoras mudou. “Antes eram incubados projetos de tecnologia. Hoje são incubados negócios de base tecnológica, e precisamos ter responsabilidade com a sustentação da empresa depois do período de incubação”, detalhou Felix.

A rede deve funcionar como um agente de desenvolvimento regional. “Conhecendo os problemas que todos enfrentam, pensamos na criação da rede virtual com a participação de empresas de segmentos que possam apoiar, com tecnologia ou recursos, as empresas inovadoras”, completou Felix.

A ideia foi apresentada na quinta-feira (25) para representantes da Companhia de Informática do Paraná (Celepar), Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento (Lactec), Conselho Estadual de Tecnologia da Informação e Telecomunicações (Cosit), Agência de Fomento, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Copel Telecomunicações e Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec). A definição do modelo de cooperação deve ser definido pelas secretarias de Estado da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul (Seic) e de Desenvolvimento Urbano (Sedu).

REFERÊNCIA – O superintendente da Copel Telecomunicações, Marcos Pessoa, citou o projeto de criação da Escola de Empreendedorismo, em parceria com a Business School de Barcelona, considerada uma das melhores escolas de negócios do mundo, como um instrumento valioso para as empresas incubadas na gestão do empreendimento. “A Copel Telecomunicações deve ser parceira no projeto proposto pelo Tecpar”, afirmou.

Para o diretor de operações do Sebrae, Júlio Cezar Agostini, é muito importante contribuir. “A ideia de reunir as instituições para trabalharem em rede é muito positiva. Temos ferramentas para acompanhar e avaliar os resultados das empresas”, afirmou Agostini.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais