Segurança

Megaoperação policial previne crimes e leva segurança ao Sítio Cercado - 21/05/2011 13:40

A Polícia Militar do Paraná realizou, na noite desta sexta-feira (20), nova edição da megaoperação Vida. A ação foi no bairro Sítio Cercado, região sul de Curitiba. Esta é a oitava edição da operação, iniciada há dois meses, e resultou na abordagem de 1272 pessoas, 289 veículos, 54 bares e sete estabelecimentos comerciais.

Sete pessoas foram presas - entre elas um foragido da justiça, um por desacato e um por porte de simulacro de arma de fogo - e dois menores apreendidos. Também foram feitas seis apreensões de tóxicos, apreendidos 30 veículos e emitidos 111 autos de infração e 10 Termos Circunstanciados. Algumas pedras de crack foram encontradas. As atividades iniciaram às 16 horas, na Rua Tijucas do Sul, no Sitio Cercado.

A operação contou com quase 200 policiais militares, 54 viaturas e um helicóptero, integrantes do 13º Batalhão de Polícia Militar (13º BPM), da Companhia de Eventos, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPtran), do Grupamento Aéreo (GRAER) e do Regimento de Polícia Montada (RPMont). Este último ofereceu 20 conjuntos hipomóvel completos, ou seja, policial mais cavalo.

“Esta operação segue uma proposta do governador Beto Richa e também do secretário de Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César, para que haja um esforço concentrado de policiamento, com o objetivo de dar mais tranquilidade para a população. A escolha do bairro Sítio Cercado foi mediante estudos do serviço reservado e também baseada em números estatísticos da PM”, disse o subcomandante-geral da PM, coronel Julio Ozga Nóbrega coordenador da operação.

“Nesse sentido, todo o cidadão de bem não deve ficar inibido com a presença da PM durante as revistas porque a nossa intenção é proteger a comunidade”, completou o sub-comandante da PM.

Também esteve presente na ação o comandante do BPTran, tenente-coronel Loemir Mattos de Souza, o comandante do 13º BPM, tenente-coronel Sussumu Otta, além de comandantes da Companhia de Eventos, da esquadra da Cavalaria e da equipe do GRAER.

Os materiais apreendidos e os presos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil para procedimentos cabíveis.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais