Segurança

Detran Fácil finaliza 700 processos de emissão de documentos em um dia - 20/05/2011 17:30

Mais de 700 pessoas recorreram ao Detran Fácil no primeiro dia de funcionamento do novo sistema, que permite fazer documentos pela internet. Foram concluídos 319 pedidos para emissão definitiva da Carteira Nacional de Habilitação, 211 processos para segunda via da CNH e 197 para segunda via do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo. Os números superaram as expectativas do Departamento de Trânsito do Paraná.

A estimativa é que os serviços digitais lançados na quarta-feira (18) atendam aproximadamente 19 mil pessoas por mês. “Nosso objetivo é oferecer atendimento de qualidade, sem filas e sem deslocamentos. A adoção de soluções pela internet é um processo irreversível, que entendemos como essencial para aumentar a capacidade de prestação de serviços ao cidadão”, ressalta o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

DETRAN FÁCIL – Para utilizar o sistema, basta acessar o site www.detran.pr.gov.br e clicar no link Detran Fácil, no lado direito da tela. Depois, o motorista deve preencher o protocolo com seus dados, imprimir e pagar a guia de recolhimento. O documento será enviado pelos Correios, no prazo máximo de 10 dias. O sistema usado é seguro e as informações são averiguadas antes do envio de qualquer documento, não permitindo fraudes.

Antes do lançamento do sistema, os processos apenas começavam na internet. Para concluir a solicitação da CNH definitiva, por exemplo, o motorista precisava ir até uma unidade do Detran para apresentar o comprovante de pagamento da taxa cobrada, ser fotografado e passar pelo controle biométrico das impressões digitais.

Com o Detran Fácil toda a operação é online, do começo ao fim. A foto e as impressões digitais da primeira habilitação serão reutilizadas e o pagamento do boleto bancário será identificado automaticamente pelo sistema informatizado. Depois de confirmado o processo, o Departamento emite a CNH e envia ao endereço do condutor pelos Correios.

No caso do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), o usuário pode optar por receber o documento em casa ou em qualquer Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran). Assim, é possível que um motorista de Curitiba retire o CRLV em Londrina se estiver viajando e precisar do licenciamento.

VALORES – Os preços para a emissão dos documentos continuam os mesmos: R$ 46,48 para segunda via da carteira de motorista e para a CNH definitiva e R$ 30,99 para segunda via do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais