Agricultura

Emater expande atuação e desenvolve trabalho com moradores da cidade - 20/05/2011 16:00

Moradores dos prédios de apartamento vizinhos à sede da Emater, em Curitiba, ganharam o curso Horta em Apartamento, ministrado nesta sexta-feira (20), data em que a empresa de assistência técnica e extensão rural no Paraná comemora 55 anos. Ao final do treinamento, cada morador recebeu um kit com 15 mudas, reunindo alecrim, manjericão, sálvia, coentro, orégano, tomilho, salsa e cebolinha, todas cultivadas no sistema orgânico.

O curso Horta em Apartamento foi ministrado pelos extensionistas Adaguimar Sérgio Chichetti, do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), e Paulo Luciano, da Emater de Pontal do Paraná. Durante quatro horas, os participantes puderam assistir a palestras técnicas e também ver na prática como preparar o substrato para cultivo e fazer o transplante das mudas.

Segundo Luciano, mesmo em pequenos espaços é possível cultivar diversas espécies, principalmente temperos que são bastante úteis na hora de se preparar uma refeição. “Basta ter alguns vasos, sol, um pouco de terra, um regador e dois minutinhos diários para tornar a ideia um sucesso”, diz.

CIDADES – A Emater vem estreitando seu relacionamento com os moradores de áreas urbanas na região metropolitana de Curitiba, com o propósito de incentivar e orientar a instalação de hortas caseiras ou comunitárias aproveitando espaços vagos nos terrenos domésticos ou públicos. É a chamada agricultura urbana ou periurbana. Atualmente, são atendidas mais de 800 famílias, 600 apenas em Fazenda Rio Grande.

O projeto no município é realizado junto com a Prefeitura, tem o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e garante aos interessados, além da capacitação técnica por meio de cursos promovidos pela Emater, a entrega gratuita de mudas para o plantio. “E tudo seguindo os princípios da agroecologia, ou seja, orientado para a produção de alimentos saudáveis e com promoção social”, explica o extensionista Mário Donizete da Silva.

A extensionista Mary Stela Bishof coordena esse trabalho na região. Segundo ela, embora tenha uma designação nova, agricultura urbana, ele se encaixa bem na proposta de ação da Emater, que é de contribuir para garantir segurança alimentar e nutricional para toda a população.

EMATER – A Emater é bastante conhecida pelo trabalho que realiza em todo o Estado com cerca de 120 mil famílias de agricultores, pescadores artesanais e assentados da reforma agrária. Uma ação que tem o objetivo de dar a essa população acesso aos benefícios proporcionados pelas diversas políticas públicas dos governos federal e estadual, apresentar novas alternativas tecnológicas de produção, organizar os produtores para um relacionamento mais justo com o mercado e garantir a preservação e conservação dos recursos naturais. Tudo isso visando o incremento da renda e melhoria da qualidade de vida do público atendido.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais