Segurança

Polícia faz megaoperação em Fazenda Rio Grande - 20/05/2011 12:10

A Polícia Militar do Paraná realizou na noite desta quinta-feira (19) a sétima edição da megaoperação Vida, desta vez no município de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. A ação, executada das 16 às 3 horas, resultou na abordagem de 1107 pessoas, 208 veículos e 50 bares.

Quatro pessoas foram presas – uma por furto qualificado, outra por portar objeto de furto, a terceira por corrupção ativa e embriaguez ao volante e a última por dirigir sem a carteira nacional de habilitação – e um menor apreendido. Outro homem foi preso ao oferecer R$ 100,00 para a equipe policial.

“O principal resultado da operação é a prevenção dos crimes, principalmente os cometidos contra a vida. Só a presença dos policiais já inibe qualquer má intenção”, garante o subcomandante-geral da PM e coordenador da operação, coronel Julio Ozga Nóbrega. Durante o período da operação não houve registro de crime contra a vida (homicídio, lesão corporal, ferimento por arma de fogo ou branca) e nem roubo.

A atividade policial teve início às 16h30, no Posto 21, Km 121 da BR-116, em Fazenda Rio Grande. As equipes trabalharam em diversos bairros e setores que costumam apresentar maior número de ocorrências policiais, realizando ações como pinçamento, abordagens, bloqueios, batida policial e saturação, entre outras. Foram eleitos 10 setores da cidade para serem visitados simultaneamente por equipes determinadas previamente.

Durante a operação foram realizados dois flagrantes e três termos circunstanciados. Houve a apreensão de 10 objetos ( documentos de identidade, chaves michas, malas, celulares, cartão de banco e aproximadamente R$ 450) e 19 veículos. Os policiais do BPTran emitiram 82 autos de infração, a maioria deles por falta de licenciamento.

A EQUIPE – A megaoperação contou com quase 200 policiais militares, 64 viaturas e um helicóptero, integrantes do 17º Batalhão de Polícia Militar (17º BPM), da Companhia de Eventos, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPtran), do Grupamento Aéreo (GRAER) e do Regimento de Polícia Montada (RPMont).

Este último ofereceu 10 conjuntos hipomóvel completos, ou seja, policial mais cavalo. Além do subcomandante, também estiveram presentes o comandante do BPTran, tenente-coronel Loemir Mattos de Souza, o subcomandante do 17º BPM, major Antônio Zanatta Neto, o comandante da Companhia de Evento, capitão Vagner Lúcio dos Santos, o comandante da Esquadra da Cavalaria, Tiago Swaab Scherer e o comandante da equipe do GRAER, Capitão Willian Celestino Fávero.

Os materiais apreendidos e os presos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Fazenda Rio Grande.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais