Educação

Projeto desenvolvido em contraturno escolar incentiva alunos à leitura - 19/05/2011 17:40

Um projeto da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) em parceria com o Colégio Estadual Antonio Tupy Pinheiro, em Guarapuava, tem possibilitado aos alunos conhecer diversos autores literários por meio de narrativas. Os estudantes do ensino médio leem diversos livros e depois falam sobre os autores e enredos para os alunos de 5ª e 8ª séries, como forma de despertar o interesse pelas obras literárias.

O projeto “O Fabuloso Mundo da Literatura” é coordenado pelo professor Claudio Melo, da Unicentro. No colégio a coordenação fica sob o comando da professora de Língua Portuguesa Tânia Mara de Abreu e da bibliotecária Cristina Leutner. O colégio foi selecionado por ter uma proposta pedagógica integrada com a literatura.

Tânia explicou que são sete alunos do ensino médio que recebem bolsa-auxílio da Unicentro no valor de R$ 100 por mês, com duração de um ano. “A proposta é desenvolver ações que melhorem e incentivem cada vez mais a leitura dos nossos estudantes”, disse. Para a professora, a receptividade dos alunos tem aumentado. “Alguns alunos levam livros para casa para compartilhar com os familiares”.

Duas vezes por semana, os bolsistas se reúnem para ler, discutir e dividir com mais de 200 alunos o aprendizado. A cada 15 dias, os alunos montam um mural com dicas de livros, resumo das obras e informações sobre os autores.

O bolsista do 3º ano do ensino médio, Luiz Felipe de Lima, disse que o trabalho que o grupo está realizando é motivador. “Saber que você conseguiu incentivar alguém a ler é gratificante”, afirmou.

Luiz lembrou ainda que o projeto já teve desdobramentos: “Nas quintas séries dividimos as turmas em grupos para apresentações teatrais sobre as obras literárias. A experiência tem sido positiva para todos os envolvidos”.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais