Educação

Atividades melhoram a convivência e disciplina - 13/05/2011 15:22

Estudantes do Colégio Estadual Antonio Lacerda Braga, no município de Goioerê, participam de diversos projetos desenvolvidos em contraturno escolar. Futebol de campo, futebol de salão, ensino e treinamento de xadrez, jogos educativos, aulas de violão e cinema na escola são opções de atividades frequentadas por 60% dos alunos.

O diretor Ademir José Santana destacou que os projetos foram surgindo de maneira espontânea e contam com a participação de professores e funcionários. “Hoje, mais de 500 alunos participam de um ou mais projetos em contraturno e isso tem reflexos positivos no cotidiano escolar”, afirma.

De acordo com Santana, dentre os resultados alcançados, além do desenvolvimento de habilidades, da socialização e da conquista de títulos, houve melhora na disciplina dos alunos. “A socialização possibilita a melhoria da relação entre aluno e professor”, diz ele.

Além de professores e funcionários que são voluntários e parceiros em várias atividades, o Grêmio Estudantil do Colégio também colabora. Os professores de violão são integrantes do Grêmio e doam seu tempo ensinando os colegas.

Duas vezes por semana, alunos do ensino fundamental utilizam os violões entregues pela Secretaria de Estado da Educação. O diretor contou que a intenção do grupo é formar uma orquestra de violão do colégio e também realizar apresentações na comunidade de Goioerê.

Outra atividade de destaque são as sessões de cinema. O professor Vacil da Silva explicou que muitas lições podem ser tiradas da arte cinematográfica. “Há bons filmes com conteúdos que podem ser trabalhados nas disciplinas do currículo escolar”, disse Vacil.

O diretor contou que para participar dos treinamentos e competições de futebol de campo e salão é necessário que o aluno tenha bom comportamento no dia a dia da escola. “Pudemos observar muitos alunos amadurecendo e tornando-se mais responsáveis. A mesma liderança e trabalho conjunto que tinham no campo passaram a apresentar também em sala de aula”, disse o diretor.

Ele lembrou que além dos projetos de iniciativa do próprio colégio, os alunos contam com os cursos de espanhol e inglês, do Centro de Línguas Estrangeiras Modernas (Celem), ofertados pela Secretaria de Estado da Educação.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais