Emprego

Governo e trabalhadores iniciam diálogo sobre reajuste do piso regional do Paraná - 07/02/2011 17:30

O secretário Estadual do Trabalho, Luiz Claudio Romanelli, recebeu nesta segunda-feira (7) dirigentes da Força Sindical do Paraná para discutir o aumento do salário mínimo regional, previsto para maio. O encontro serviu para iniciar um diálogo com os representantes dos trabalhadores. A ideia do governo é que seja alcançado o melhor benefício possível aos que trabalham com carteira assinada. Atualmente, o piso possui quatro faixas de atuação e vai de R$ 663,00 a R$ 765,00.

Segundo Romanelli, ainda serão realizadas mais discussões entre Governo do Estado e sociedade civil organizada, para determinar os valores. “Existem 2,4 milhões de paranaenses trabalhando com carteira assinada. É preciso aproveitar este momento de crescimento da economia no Paraná e gerar empregos com qualidade, onde o trabalhador seja reconhecido e remunerado de forma justa. Percebi que algumas categorias não respeitam o piso paranaense e, com apoio do governador Beto Richa, estamos estudando para esta situação tentar revertê-la”, afirma.

Participaram da reunião o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba, Sérgio Butka, e secretário-geral da Força Sindical, Clementino Vieira, entre outros dirigentes sindicais.

CONFERÊNCIA - Outro assunto discutido foi a Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente, que acontecerá entre abril e outubro, de acordo com agenda do Ministério do Trabalho. Elaborar propostas para melhorias no ambiente de trabalho, prevenir acidentes e assegurar a saúde do funcionário são algumas das metas.

Além do aumento do salário mínimo paranaense, o Dia do Trabalhador deverá ser marcado com uma comemoração tradicionalmente realizada em frente ao Palácio do Governo. A organização do evento também estará na pauta do Governo do Estado nas próximas reuniões.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais