Ouvidoria

Auditoria não encontra indício de má-fé em liberação de diárias - 21/12/2010 16:00

O secretário especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral, Antonio Comparsi de Mello, enviou às secretarias estaduais do Trabalho e do Meio Ambiente o relatório final das auditorias feitas nas duas pastas, para verificar se houve problemas na liberação de diárias. Os documentos apontam apenas a existência de irregularidades formais nas secretarias.

“Os dados apurados pelos auditores da Secretaria não revelaram a existência de dolo ou má-fé dos funcionários que autorizaram ou fizeram uso das diárias. O que houve nestas pastas foram apenas erros administrativos, que já foram comunicados aos respectivos secretários e serão apurados e corrigidos”, afirmou Comparsi, que também já comunicou o resultado dos relatórios ao governador Orlando Pessuti.

Com estes dois relatórios, os auditores concluem o trabalho, iniciado em agosto, de apuração das denúncias de irregularidades na liberação e no uso de diários no Governo do Estado. Inicialmente, o trabalho foi desenvolvido na Superintendência de Desenvolvimento de Educação - Sude (antiga Fundepar), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Educação. Depois, os técnicos realizaram a mesma atividade na Secretaria da Agricultura.

TRANSPARÊNCIA – Para o corregedor-geral do Estado, a decisão do governador de determinar as auditorias mostrou sua coragem e transparência. “Quando tomou posse, o governador Pessuti afirmou que faria um governo sério e transparente. Passados nove meses, verificamos que ele cumpriu integralmente esta promessa. E não apenas por causa das quatro auditorias cuja realização determinou, sem receio de punir os responsáveis pelas irregularidades, mas também devido a todas as demais ações austeras desenvolvidas no seu mandato”, avalia Comparsi.

O secretário também elogiou o trabalho dos técnicos que conduziram as auditorias. “Foram quatro meses de uma exaustiva operação de análise e comparação de documentos. No final, porém, os seus resultados mostram que os nossos auditores agiram de forma séria e competente. Por esta razão, eles estão de parabéns”, conclui Antonio Comparsi de Mello.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais