Habitação

Cohapar entrega 36 casas em Brasilândia do Sul - 20/12/2010 13:50

O presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Everaldo Moreno, inaugurou nesta segunda-feira (20), 36 casas em Brasilândia do Sul, noroeste do Paraná. Com investimentos de R$ 608 mil, o novo conjunto beneficia famílias com renda média de um salário mínimo.

Segundo Moreno, esta entrega é especial por ser na semana do Natal. “Estas 36 famílias podem passar o Natal em suas casas, com a certeza de que o futuro será muito mais feliz. Elas saem da tortura do aluguel ou do favor dos parentes para mudar para suas casas”, disse.

A prefeitura adquiriu a área e realizou a infraestrutura, a Caixa Econômica Federal liberou parte dos recursos e o governo do Paraná subsidiou 80% da obra. “O governo cumpre seu papel de proporcionar uma vida melhor aos paranaenses”, afirmou Moreno.

Para o prefeito José Aparecido Mandotti, a construção do conjunto foi fruto de muito esforço. “Estas casas só foi possível construir graças à parceria que firmamos com a Cohapar. Os moradores vão estar no centro da cidade, em um lugar com toda infraestrutura necessária para uma vida digna”.

Mandotti agradeceu ainda o empenho do Governo do Paraná na finalização da obra. “Nestes últimos nove meses, percebemos o empenho da Cohapar e do governo para terminar estas casas. As famílias terão Natal muito mais feliz”.

As casas têm 40 metros quadrados feitas em alvenaria, todas com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Estas novas moradias ficam ao lado de outras nove casas já entregues pela Cohapar neste ano. As famílias vão pagar prestações médias de R$ 50 durante seis anos, sendo que o restante do valor é subsidiado pelo governo do Estado e pelo governo Federal.

FELICIDADE – Dirce dos Santos paga R$ 70 pelo aluguel de uma casa de madeira sem banheiro. “A melhor coisa vai ser tomar banho em um banheiro de verdade. Aqui a gente tem que usar uma canequinha, é horrível”, contou Dirce. “Nunca acreditei que conseguiria ter minha casa própria, é um sonho lindo que graças ao governo do Paraná está se tornando realidade. Tenho certeza de que este será o melhor Natal de nossas vidas”, afirmou Dirce, que vai mudar com dois filhos para a nova casa.

Leonilda de Oliveira Barbosa é cadeirante e vai mudar para uma casa adaptada, com portas maiores e rampas de acesso. “Este é o melhor sonho que já realizei até hoje, nunca imaginei que um dia ia morar em uma casa dessas, ainda mais toda adaptada às minhas necessidades”.

Edna Aparecida Borges disse que nunca sentiu tanta felicidade e tanta esperança. “Agora sei que posso sonhar com uma vida melhor. Consegui minha casa própria e tenho muitas outras coisas para conquistar”. Edna mora com o marido e dois filhos em uma pequena casa e paga R$ 60 de aluguel. “Vamos pagar a prestação com gosto, pois estamos pagando por algo que é nosso, vamos poder arrumar a casa do nosso jeito. Não tem coisa melhor”.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais

  • Assessorias de Comunicação
  • Notícias para Rádios
  • TV ao Vivo
  • Rádio ao Vivo
  • Acesse www.dioe.pr.gov.br. Informação no tempo certo.
  • Saiba tudo sobre a Nova Gripe - Gripe A - Influenza A (H1N1) - Informe-se e previna-se
  • Paraná contra a Dengue - Informe-se e Previna-se
  • Cadastre-se para receber nosso Boletim Informativo