Habitação

Cohapar explica obras do PAC para lideranças do Guarituba - 16/11/2010 12:29

A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) tem feito reuniões periódicas com moradores do Guarituba, em Piraquara (Região Metropolitana de Curitiba), onde é investido mais de R$ 98 milhões, do Programa de Aceleração do Crescimento. Mais de 100 lideranças estiveram reunidas na quinta-feira (11) para conhecer os detalhes do projeto, explicado por técnicos das áreas social, engenharia e arquitetura da companhia.

O PAC do Guarituba é considerado o maior programa, em execução, de urbanização de favelas em áreas de manancial do País. O projeto, desenvolvido e coordenado pela Cohapar, prevê a realocação de 803 famílias que vivem em locais de risco de enchentes, em áreas de mananciais que abastecem 70% das cidades da RMC, além das obras de saneamento, pavimentação, drenagem, implantação de redes de água e luz, paisagismo, recuperação ambiental e criação de parques ambientais e de lazer.

A reunião com as lideranças das associações de moradores, igrejas, escolas e políticas, teve a finalidade de ampliar a participação popular nas ações que estão ocorrendo no local. “Essas lideranças são formadoras de opinião e contamos também com elas, para que o projeto seja compreendido por todos os moradores do bairro, explicou a coordenadora social da Cohapar, Carmem Lúcia Penha Carvalho.

Segundo ela, quanto maior o número de pessoas que tiverem conhecimento do que está sendo feito, mais gente envolvida teremos. “Isso facilita as ações de regularização fundiária e também das demais intervenções, destacou Carmem, ao salientar que “o projeto vai beneficiar um universo de mais de 50 mil pessoas em todo o bairro. A Cohapar está atuando com várias frentes técnicas para agilizar os trabalhos, por isso é importante que todos saibam o que está sendo feito”.

TRANSFORMAÇÃO - Para o pastor da Igreja Quadrangular, Hermenegildo Mena Rosa de Oliveira, que está no bairro desde 1994, a transformação do Guarituba já é uma realidade que vem melhorando a auto estima dos moradores. “As pessoas que vivem aqui nunca viram tantas obras. Agora todos acreditam que realmente o poder público está fazendo alguma coisa. As pessoas passaram a ter esperança de ter uma vida melhor. Antes não tinha rede de esgoto, e a água e a luz eram com ‘gatos’. Antes as pessoas tinham medo porque o lugar onde moravam não lhes pertencia. Hoje essa gente pode andar de cabeça erguida e com confiança. Hoje podemos ver as transformações não apenas na infra estrutura, mas no rosto das pessoas”.

A presidente da Associação de Moradores do Jardim Orquídeas, Âncora e Guarituba Pequeno, Maria Aparecida Leonel, contou que mora no bairro há 21 anos e que nunca tinha visto nada parecido com o que está acontecendo. “É tanta obra que às vezes a gente nem sabe para que serve. Por isso acho importante essa reunião. Porque se as pessoas perguntarem, vamos saber explicar e ajudar no que for preciso. Hoje sabemos que estamos em cima de uma área de manancial e que essas águas são consumidas por todos. Entendemos que precisamos preservar e cuidar.

A Cohapar está construindo as novas moradias, onde as pessoas que vivem em situação de risco vão morar. Muitas dessas famílias viviam com esgoto a céu aberto nas suas portas. Hoje já temos redes de esgoto, água e luz. Hoje podemos ver que famílias vivem com mais esperança e certeza do amanhã. O comércio tem crescido bastante, gerando mais empregos. Escolas, creches, postos de saúde foram construídos. Ainda temos problemas é verdade, mas todo lugar tem. O importante é que as coisas estão acontecendo e estamos tendo a oportunidade de sermos cidadãos de verdade”.
Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais

  • Assessorias de Comunicação
  • Notícias para Rádios
  • TV ao Vivo
  • Rádio ao Vivo
  • Acesse www.dioe.pr.gov.br. Informação no tempo certo.
  • Saiba tudo sobre a Nova Gripe - Gripe A - Influenza A (H1N1) - Informe-se e previna-se
  • Paraná contra a Dengue - Informe-se e Previna-se
  • Cadastre-se para receber nosso Boletim Informativo