Habitação

Câmara Técnica de Piraquara discute andamento de obras do PAC - 24/09/2010 15:40

A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) realizou na quinta-feira (23) reunião de trabalho com os membros da Câmara Técnica de Piraquara para discutir o andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no bairro Guarituba, em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba.

A Câmara Técnica é formada por representantes dos órgãos que atuam no projeto e o grupo reúne-se periodicamente para discutir as ações em andamento e as soluções para eventuais problemas. Participam do grupo: Cohapar, Copel, Sanepar, Instituto das Águas, Prefeitura Municipal, Comec, além de representantes da comunidade e de movimentos populares de luta por moradia.

A Cohapar apresentou aos parceiros o trabalho de levantamento das precariedades em andamento no bairro. As equipes estão avaliando a situação da estrutura dos imóveis, risco de desabamento, comprometimento das estruturas de construção, falta de instalações sanitárias e as condições de instalação de redes de água, luz e esgoto.

“É importante que os parceiros saibam o que estamos fazendo, bem como é fundamental sabermos o que cada um desenvolve no local. A existência da Câmara Técnica faz com que haja sintonia entre todos e facilita o trabalho por estarmos sempre juntos”, disse o superintende de planejamento e controle da Cohapar, Marcelo Ferraz.

Gilmar Zachi Clavisso, secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Turismo de Piraquara, acredita que é importante acompanhar todas as ações que estão acontecendo no município. “Procuramos estar sempre presentes para saber o que acontece e de que maneira a prefeitura pode contribuir, além da contrapartida que é nossa obrigação”, destacou.

Para o arquiteto da Comec, Raul Clemente Peccioli Filho, esta Câmara agiliza o processo das obras em geral. “Não adianta termos vários órgãos atuando num projeto como o PAC de Piraquara e cada um falando uma linguagem. Este grupo de trabalho gera proatividade e evitamos que problemas aconteçam, e isso facilita muito a nossa atuação”, afirmou.

MUNICÍPIOS - Considerado o maior programa de urbanização de favelas e salvação de mananciais em execução no país, o Guarituba, em Piraquara, conta com investimentos de R$ 93,8 milhões, incluídas as contrapartidas dos governos Federal e Estadual para o resgate social de 8.890 famílias. No bairro, os canteiros de obras para a construção de 803 casas com recursos do PAC avançam rapidamente. O projeto também beneficia outras 8.087 famílias, que receberão a posse de seus terrenos.

Todas as casas vão ter rede de água, esgoto, energia, galerias de drenagem, pavimentação, paisagismo. São de alvenaria, telhas de cerâmica, com 40 metros quadrados, modelos arquitetônicos diversificados na forma geminada, sobrados e casas individuais. Os moradores vão pagar prestações médias de R$ 50,00.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais

  • Assessorias de Comunicação
  • Notícias para Rádios
  • TV ao Vivo
  • Rádio ao Vivo
  • Acesse www.dioe.pr.gov.br. Informação no tempo certo.
  • Saiba tudo sobre a Nova Gripe - Gripe A - Influenza A (H1N1) - Informe-se e previna-se
  • Paraná contra a Dengue - Informe-se e Previna-se
  • Cadastre-se para receber nosso Boletim Informativo