Ouvidoria

Ouvidoria do Estado ajuda técnicos a executar programa Leite das Crianças - 03/08/2010 16:10

A Secretaria Especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral do Estado está auxiliando os técnicos do “Leite das Crianças” na execução do programa em todos os municípios do Paraná. Na quinta-feira passada (28), o auditor da Secretaria, Júlio Anselmo dos Reis Lopes, promoveu reunião em Curitiba para aprimorar o programa no Estado.

“O programa está caminhando muito bem no Paraná. Nós constatamos, porém, que poderíamos colaborar com o seu aprimoramento no Estado. Foi o que fizemos, na intenção de melhorar a comunicação entre os Comitês Gestores, escolas, famílias beneficiadas e as usinas que abastecem o leite”, afirmou Lopes.

Da reunião também participou o coordenador estadual do programa, Osmar Buzinhani, que revelou a intenção do governador Orlando Pessuti de ampliar de 69 milhões para 72 milhões de litros o volume de distribuição de leite no Paraná em 2010.

Outra meta do Governo, que deve ser colocada em prática antes do final do ano, é atender também às gestantes e às mães que estão realizando o aleitamento até o sexto mês de vida da criança.

“Com isso, nós queremos que tanto a criança como a mãe tornem-se bem nutridas, o que contribui para que tenham mais saúde e qualidade de vida”, explica Buzinhani. Cerca de 78 mil mães serão atendidas com este benefício, até o final do ano.

LEI ESTADUAL - O Leite das Crianças é, desde 22 de abril deste ano, lei Estadual. A Lei foi sancionada pelo governador Orlando Pessuti em reconhecimento à importância do programa para o Paraná.

Nos seus sete anos de existência, a Secretaria da Agricultura já adquiriu cerca de 360 milhões de litros de leite e dezesseis mil quilos de Premix enriquecedor (substância incorporada ao leite para enriquecê-lo) junto às 68 usinas cadastradas no programa. O investimento chega a aproximadamente R$ 350 milhões.

Neste período, o Leite das Crianças atendeu a 1,2 milhão de crianças em 2,4 mil pontos de distribuição espalhados pelos 399 municípios do Estado. O programa foi criado em 2003 para diminuir a desnutrição infantil e incentivar o desenvolvimento da bacia leiteira do Paraná.

Nas cidades, o Leite das Crianças é gerenciado e fiscalizado por um Comitê Gestor Municipal composto por entidades da sociedade e por representantes do Poder Público Estadual e Municipal. Cada comitê tem nove membros. No total, são 411 no Paraná – nove apenas em Curitiba.

O programa é destinado a crianças pobres, de seis meses a 3 anos, de famílias com renda per capita mensal inferior a meio salário mínimo (Regional).

Diariamente, as crianças cadastradas recebem um litro de leite enriquecido com vitaminas A, D e ferro. Do Leite das Crianças participam a as Secretarias da Agricultura e do Abastecimento; do Trabalho, Emprego e Promoção Social; da Educação; da Saúde e de Planejamento.



Fontes: Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral do Estado e Coordenação Estadual do Leite das Crianças.
Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais