Ouvidoria

Ouvidoria Geral inicia auditoria em cinco secretarias de Estado - 30/07/2010 16:30

O secretário especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral do Estado, Antonio Comparsi de Mello, iniciou nesta sexta-feira (30) uma auditoria para apurar as denúncias de irregularidades na Secretaria Estadual da Educação. Por determinação do governador Orlando Pessuti, será adotado o mesmo procedimento em relação a outras quatros secretarias, as maiores do Estado e que mais utilizam diárias de viagens: Saúde, Agricultura, Meio Ambiente e Trabalho.

Comparsi espera concluir as investigações em trinta dias e alerta que o resultado das investigações, caso haja a necessidade, será enviado ao Ministério Público Estadual, para a abertura de processo administrativo.

Segundo ele, a apuração será rigorosa. “Vamos verificar o que houve na Secretaria da Educação com profundidade. O governador Orlando Pessuti quer uma investigação rigorosa das denúncias e seguiremos esta orientação fielmente, cumprindo o papel que nos cabe na Corregedoria”, disse Comparsi de Mello, que comandará as investigações com o auxílio da equipe de auditores e advogados da secretaria.

Denúncia publicada na imprensa revela que servidores da Superintendência de Desenvolvimento Educacional (Sude), a antiga Fundepar, estariam desviando recursos destinados ao pagamento de diárias de viagens. A sindicância aberta pela Secretaria Estadual da Educação apontou que R$ 800 mil que deveriam se destinar ao pagamento de despesas com viagens entre janeiro de 2009 e maio de 2010 foram desviados para o pagamento de gastos pessoais, como pagamento de babás e consertos de computadores e veículos particulares.

Foi com base nestes elementos que o governador Orlando Pessuti determinou à Secretaria Especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral do Estado que participasse das investigações das denúncias.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais