Habitação

Cohapar retoma obras de 780 moradias no Oeste e Sudoeste - 17/06/2010 18:20

Com investimentos de aproximadamente R$ 16 milhões, a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) retoma as obras de 780 moradias nas regiões Oeste e Sudoeste do Estado. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (17) durante a visita do presidente da Companhia, Everaldo Moreno, aos canteiros de obras nas cidades de Pato Branco, Ibema e Cafelândia.

Segundo Moreno, os materiais já estão chegando aos empreendimentos e, dentro de dois ou três meses, muitos conjuntos estarão sendo entregues aos novos mutuários. A Cohapar está construindo 3.800 moradias em todo o interior e o reinício das obras estão acontecendo simultaneamente.

“O governador Orlando Pessuti se empenhou para fazer um remanejamento orçamentário nas contas do Estado, garantindo a retomada e conclusão dos nossos empreendimentos, no menor espaço de tempo possível. O governador entende que a moradia transforma a estrutura social das famílias”, destacou Moreno.

O vice-prefeito de Pato Branco, Daniel Cattani, que acompanhou a visita ao canteiro de obras, disse que era uma grande satisfação ver a retomada das obras. O conjunto tem 46 unidades da modalidade de hipoteca, para atender as famílias de policiais militares. “Essa é uma reivindicação antiga da corporação e todos estão muito ansiosos para ver suas casas concluídas”.

Para o vereador e presidente da Associação da Vila Militar, Valmir Tasca, as famílias agora podem ficar tranquilas porque as casas logo ficarão prontas. “É uma conquista e uma vitória de todos que se empenharam para que esse conjunto existisse”.

Na cidade de Ibema, a retomada das obras também foi comemorada pelo prefeito Aramitam Antonio Fortunato. Lá, a Cohapar está construindo mais 36 casas de hipoteca. “A Cohapar é nossa parceira há muitos anos e sempre confiamos no seu trabalho. O governo tem feito um trabalho na área de habitação, como há muitos anos não existia e, graças a essa parceria, estamos tornando realidade o sonho da casa própria para muitas famílias”.

Em Cafelândia, o prefeito Estanislau Franus teve dois motivos para comemorar. Um pela retomada da obra e outro pela notícia da construção de mais 28 moradias, dada pelo presidente da Cohapar.

Franus lembrou o compromisso de fazer casas para a população. “Estamos cumprindo nosso compromisso e nossa parceria com a Cohapar está tornando possível realizar essa obra com 153 moradias que estaremos entregando em breve além das 28 que acabamos de receber”.

MÃO-DE-OBRA – o presidente da Cohapar destacou também que, embora o governo esteja agilizando a retomada dos empreendimentos para entregá-los ainda este ano, há a dificuldade de obter mão-de-obra suficiente para os canteiros. “O país passa por um momento histórico na construção civil e vive um momento de pleno emprego. Por isso existe uma escassez de mão de obra”, explicou.

“Estamos buscando junto às associações de moradores dos conjuntos, e junto às prefeituras, uma parceria para que tenhamos uma mobilização, façamos os canteiros e consigamos a mão-de-obra necessária, para que a obra fique pronta o mais rápido possível. Nós temos os recursos e temos as condições técnicas. Agora precisamos contar com as comunidades para conseguir os trabalhadores necessários”.
Recomendar esta notícia via e-mail:
  • Imprimir
  • Recomendar
  • Compartilhe
  • PDF
  • Inicial
  • Voltar

O que já publicamos sobre:

Últimas Notícias:

Leia mais

  • Assessorias de Comunicação
  • Notícias para Rádios
  • TV ao Vivo
  • Rádio ao Vivo
  • Acesse www.dioe.pr.gov.br. Informação no tempo certo.
  • Saiba tudo sobre a Nova Gripe - Gripe A - Influenza A (H1N1) - Informe-se e previna-se
  • Paraná contra a Dengue - Informe-se e Previna-se
  • Cadastre-se para receber nosso Boletim Informativo